EUA mataram em bombardeio na Síria 'planejador de atentados' da Al-Qaeda

Washington, 2 Nov 2016 (AFP) - Um ataque com drone dos Estados Unidos na Síria matou no mês passado um líder da Al-Qaeda acusado de planejar atentados no exterior, disse nesta quarta-feira o Pentágono.

O ataque ocorrido em 17 de outubro perto de Ibdil, no noroeste da Síria, matou Haydar Kirkan, que "se ocupava de planejar os ataques contra o Ocidente", disse um porta-voz do Pentágono, o capitão de navio Jeff Davis.

"Estava durante muito tempo cumprindo o papel de mensageiro da Al-Qaeda na Síria. Tinha vínculos com os chefes desta organização, incluindo o próprio Osama bin Laden, e foi o planejador na Síria de ataques no exterior", disse Davis, que não deu detalhes sobre estes atentados.

Em semanas recentes, o Pentágono dirigiu ataques contra altos comandos da Al-Qaeda no Afeganistão.

As autoridades não confirmaram nenhuma morte, mas disseram de maneira privada que os ataques mataram Faruq al-Qahtani, emir da Al-Qaeda para o nordeste do Afeganistão, e a seu vice, Bilal Al-Utabi.

wat-lby/jm/lp/jb/pr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos