Não há mais soldados mobilizados no front no leste da Ucrânia

Kiev, 2 Nov 2016 (AFP) - Não há mais soldados mobilizados no front no leste da Ucrânia, anunciou nesta quarta-feira o presidente ucraniano Petro Poroshenko, acrescentando que as forças armadas só contam com militares sob contrato e voluntários.

"Como presidente e comandante-em-chefe do exército, posso anunciar ao povo ucraniano que não há mais soldados mobilizados no front na área da operação antiterrorista", nome dado por Kiev ao conflito no leste, declarou em um comunicado da presidência.

"As forças armadas ucranianas devem ser compostas inteiramente de voluntários e soldados sob contrato, bem treinados e motivados", acrescentou.

A primeira onda de mobilização militar foi lançada pelas autoridades ucranianas em março de 2014, após a anexação da península ucraniana da Crimeia pela Rússia. Essa anexação foi seguida por um sangrento conflito no leste do país entre as forças governamentais e os separatistas pró-russos, que matou mais de 9.600 pessoas desde abril de 2014.

dg-lap/tbm/nm/ib/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos