Doze civis mortos e 200 feridos por disparos rebeldes na Síria

Damasco, 3 Nov 2016 (AFP) - Ao menos doze civis morreram nesta quinta-feira nos bairros ocidentais da cidade síria de Aleppo (norte), controlados pelo regime, por disparos e foguetes dos rebeldes, informou a agência oficial Sana.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), informa, por sua vez, sobre um balanço de 11 civis, entre eles quatro crianças, mortos por disparos dos insurgentes.

Os rebeldes também detonaram três carros-bomba no oeste de Aleppo, segundo o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Esta explosão de violência na segunda cidade da Síria foi registrada após três dias de relativa calma.

Uma coalizão de rebeldes islamitas e extremistas lançou no dia 28 de outubro uma ofensiva a partir do exterior da cidade, pelo oeste, para tentar romper o cerco que as tropas do regime de Bashar al-Assad impõem aos bairros da oposição, situados no leste.

Mais de 250.000 pessoas vivem nestes bairros, onde não chega ajuda humanitária desde julho e os alimentos se tornam escassos, segundo a ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos