Um morto e 30 feridos em explosão na cidade turca de Diyarbakir

Diyarbakir, Turquia, 4 Nov 2016 (AFP) - Ao menos uma pessoa morreu e 30 ficaram feridas em uma explosão na manhã desta sexta-feira diante de um edifício da polícia em Diyarbakir, cidade de maioria curda na região sudeste da Turquia.

A explosão foi provocada "pelo que parece um carro-bomba utilizado por membros da organização terrorista separatista", anunciou em um comunicado o governo de Diyarbakir, utilizando uma expressão que designa o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Dois moradores da cidade afirmaram à AFP que viram a explosão de um micro-ônibus diante do prédio da polícia, no distrito de Baglar.

A explosão aconteceu poucas horas depois da detenção de dois líderes do principal partido político pró-curdo da Turquia, o Partido Democrático dos Povos (HDP), como parte de uma investigação "antiterrorista" relacionada com os rebeldes do PKK.

Nos últimos meses, o PKK, considerado pela Turquia e seus aliados ocidentais como um grupo terrorista, reivindicou ataques contra a polícia em todo o país.

O sudeste da Turquia sofre com os combates diários entre o PKK e as forças de segurança desde o fim de uma frágil trégua em 2015. O conflito provocou mais de 40.000 mortes desde 1984.

mb-gkg/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos