Dois italianos e um canadense sequestrados na Líbia são libertados

Roma, 5 Nov 2016 (AFP) - Dois italianos e um canadense sequestrados no dia 19 de setembro passado no sul da Líbia foram libertados e já estão na Itália, anunciou neste sábado o governo italiano.

Os italianos Danilo Calonego e Bruno Cacace e o canadense Franl Poccia foram libertados "graças à colaboração eficaz com as autoridades locais líbias", acrescentou o comunicado do ministério das Relações Exteriores.

Os três homens haviam sido sequestrados juntos em Ghat, na fronteira cm a Argélia, nos arredores da obra na qual trabalhavam.

Um grupo armado havia interceptado o veículo no qual viajavam e os teria levado.

Nos últimos anos, trabalhadores de origem estrangeira foram vítimas de sequestros no país.

Em julho de 2015, quatro italianos, funcionários de uma empresa de construção, foram sequestrados na região petrolífera de Mellitah, a oeste de Trípoli.

Após seis meses de cativeiro, dois reféns morreram em circunstâncias que não foram totalmente esclarecidas durante um ataque contra o comboio que os transportava.

Os outros dois, detidos em um lugar diferente, foram soltos dias depois após uma operação das milícias líbias contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI) na região de Sabrata (oeste).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos