Militar francês morre no norte do Mali

Paris, 5 Nov 2016 (AFP) - Um militar francês morreu ao explodir uma mina na madrugada de sexta-feira para sábado no norte do Mali, onde ocorre atividade de grupos extremistas apesar da operação internacional liderada por Paris e a assinatura de um acordo de paz em 2015.

O grupo extremista Ansar Dine, do malinês Iyad Ag Ghaly, vinculado à Al-Qaeda, reivindicou o ataque nas redes sociais, e assegurou que ocorreu a cerca de 60 km da cidade de Kidal.

Segundo um comunicado do Ministério de Defesa francês, "dois veículos pertencentes a um comboio logístico da força (de intervenção) Barkhane sofreram um ataque mediante artefato explosivo quando circulavam pelo nordeste de Kidal".

A explosão causou a morte de um oficial e feridas leves em outro soldado.

chr-vl-sd/jz/eg/pr/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos