Curdos expulsam centenas de árabes da cidade iraquiana de Kirkuk (AI)

Bagdá, 7 Nov 2016 (AFP) - Forças curdas iraquianas destruíram as residências de centenas de árabes da cidade de Kirkuk (norte), em resposta a um recente ataque do grupo extremista Estado Islâmico (EI), denunciou a organização Anistia Internacional nesta segunda-feira.

Segundo a ONG, após um ataque de vários dias, lançado pelo EI em 21 de outubro em Kirkuk, as autoridades da cidade - controlada pelos curdos -, destruíram as casas de várias centenas de árabes iraquianos e ordenaram que deixassem a cidade.

Entre os moradores expulsos de Kirkuk e de povoados nos arredores estão umas 250 famílias que já tinham sido forçados a fugir de sua cidade de origem por causa da violência, segundo a Anistia Internacional.

"Suspeitos de terem ajudado o EI a coordenar o ataque (de Kirkuk), muitos deles foram mandados de volta a seus locais de origem ou foram enviados a acampamentos", denunciou a organização, segundo a qual os documentos de identidade dos moradores foram confiscados.

O informe da Anistia Internacional cita civis que dizem que suas casas foram destruídas em 25 de outubro, um dia depois de acabar o ataque surpresa do EI em Kirkuk, cidade multiétnica situada 170 km a sudeste de Mossul, onde 120 pessoas morreram, 74 das quais eram extremistas.

"Estas destruições não justificadas por necessidade militar constituem crime de guerra. Ordenar o deslocamento da população civil - a não ser que seja por sua própria segurança ou esteja justificado por uma necessidade militar - também constitui um crime de guerra", denunciou a organização.

Segundo a diretora adjunta de investigações de seu escritório regional em Beirute, a ONG pediu às forças curdas iraquianas que "dessem um fim imediatamente" a estas "destruições ilegais" e aos "deslocamentos forçados" da população civil.

Em janeiro, a Anistia Internacional já tinha denunciado as forças curdas pela destruição de milhares de casas no norte do Iraque em uma aparente tentativa de deslocar a população árabe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos