Começa julgamento de suspeitos de vínculos com EI na Turquia

Ancara, 7 Nov 2016 (AFP) - Começou nesta segunda-feira, em Ancara, o julgamento de 36 pessoas suspeitas de envolvimento com o duplo atentado atribuído ao grupo Estado Islâmico (EI), que deixou mais de cem mortos em Ancara, em 2015, o ataque mais mortífero na Turquia.

O atentado, realizado em 10 de outubro de 2015 diante da estação central de Ancara contra militantes pró-curdos que estavam se manifestando, nunca foi reivindicado.

Os familiares das vítimas se queixaram da lentidão da investigação do atentado, o que aumentou a tensão entre as autoridades e a minoria curda.

Entre os suspeitos, figuram 35 turcos e uma mulher kazaque, segundo a agência de notícias pró-governamental Anadolu.

Os acusados poderão ser condenados a apenas de até 11.750 anos de prisão se forem reconhecidos culpados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos