Peru: protesto contra mineração deixa um morto e 21 feridos

Lima, 7 Nov 2016 (AFP) - Um enfrentamento entre a polícia e moradores de uma comunidade na serra norte do Peru deixou um morto e 21 feridos. De acordo com as autoridades, a comunidade está em conflito com a companhia de mineração local, Horizonte.

"Temos oficialmente um morto", disse nesta segunda-feira por telefone à AFP a funcionária da direção regional de Saúde de Trujillo, Kelly Raymundo. Segundo ela, não se sabe se o disparo que matou a vítima partiu da polícia ou de camponeses.

Trata-se da segunda morte por um conflito socioambiental desde o início do mandato do presidente Pedro Pablo Kuczynski há pouco mais de três meses.

O incidente ocorreu no domingo pela manhã, quando a polícia chegou aos arredores da comunidade rural de Alpamarca, no distrito de Parcoy, região La Libertad, para liberar uma via e um acampamento mineiro da aurífera peruana Companhia Mineira Horizonte, que foram tomadas pelos camponeses.

De acordo com a companhia Horizonte, o conflito aconteceu porque não houve acordo com os camponeses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos