Diretora da OSCE critica declarações de Trump sobre fraude eleitoral nos EUA

Viena, 8 Nov 2016 (AFP) - As declarações do candidato republicano Donald Trump sobre uma eventual fraude eleitoral nos Estados Unidos são "especulações gratuitas", declarou Christine Muttonen, coordenadora da missão de observação das eleições americanas da OSCE.

A Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), cuja função é garantir o bom desempenho das eleições nos países que a integram, enviou 300 observadores aos Estados Unidos.

"Estas especulações gratuitas são muito nefastas para a política" e contribuem para que os eleitores se afastem dela, disse Muttonen à rádio pública austríaca Oel.

"A democracia sempre é debilitada pelos propósitos e pelas especulações injustas, veementes e muito polêmicas", disse a especialista austríaca.

Os 300 observadores da OSCE são provenientes de 43 países diferentes.

O número de observadores da OSCE, que em 2012 foi de apenas 57, aumentou neste ano devido ao grande interesse da eleição entre os membros da organização, disse Muttonen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos