Obama pede que 'esperança' vença o 'medo' em comício de Clinton

Filadélfia, Estados Unidos, 8 Nov 2016 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu a seus compatriotas que "rejeitem o medo" e votem na "esperança" para eleger Hillary Clinton nesta terça-feira.

"Aposto que os Estados Unidos vão rejeitar a política do ressentimento e escolher a política que diz que unidos somos mais fortes. Aposto que amanhã vocês vão rejeitar o medo e escolher a esperança", disse Obama nesta segunda-feira, durante o comício democrata na Filadélfia.

Em seu discurso, Hillary declarou que "como o presidente lhes disse, a escolha é clara nesta eleição: entre a divisão e a unidade, entre uma economia que funciona para todos e outra apenas para os que estão lá em cima".

Ao menos 40 mil pessoas lotaram o Independence Mall da Filadélfia para ver a Hillary, seu marido Bill, Barack Obama e sua esposa, Michelle.

Os roqueiros Bruce Springsteen e Jon Bon Jovi também participaram do evento, um dos últimos comícios da agenda de Hillary Clinton na corrida pela Casa Branca.

Trata-se de um novo recorde para Hillary Clinton, que reuniu 18.500 pessoas em um comício em Ohio, recordou o porta-voz.

Ao iniciar seu último dia de campanha, Clinton, 69 anos, se comprometeu nesta segunda-feira a trabalhar para unir o país, caso seja eleita a primeira mulher presidente dos Estados Unidos.

"Tenho muito trabalho para unificar o país. Realmente quero ser a presidente de todos, das pessoas que votaram em mim e das pessoas que votaram contra mim", disse no aeroporto de Westchester, na região de Nova York.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos