Israel ataca uma posição do regime sírio nas Colinas de Golan

Jerusalém, 9 Nov 2016 (AFP) - As forças israelenses atacaram nesta quarta-feira uma posição militar síria nas Colinas de Golã, horas depois do impacto de um foguete do lado israelense na linha de demarcação, informou o exército.

Em resposta a um projétil que caiu na parte do Golã ocupada e anexada por Israel, o exército disparou contra uma posição de artilharia do regime sírio na Colina de Golã, indicou um comunicado do exército.

O projétil, provavelmente um tiro perdido dos combates na Síria entre o exército e as forças rebeldes, não causou vítimas.

Israel e Síria seguem oficialmente em guerra.

O governo israelense tenta manter-se à margem da guerra civil síria, apesar de se reservar o direito de operações pontuais contra um de seus grandes inimigos, o movimento xiita libanês Hezbollah, que intervém na Síria em apoio às tropas governamentais.

Israel anexou em 1981 os 1.200 km2 das Colinas de Golã, que ocupava desde 1967, depois da Guerra dos Seis Dias.

A anexação não é reconhecida pela comunidade internacional, que considera que esse território pertence à Síria.

Cerca de 500 km2 do Golã estão sob controle sírio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos