Maduro defende agenda de trabalho positiva com Trump

Caracas, 10 Nov 2016 (AFP) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu nesta quarta-feira (9) "uma agenda de trabalho positiva" com o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante uma conversa por telefone com o secretário de Estado americano, John Kerry.

Maduro pediu a Kerry "estabelecer e deixar uma agenda de trabalho positiva para a próxima administração em prol das relações bilaterais", segundo comunicado da Chancelaria venezuelana.

O governo venezuelano já havia felicitado Trump pela vitória e pedido respeito aos princípios de "igualdade soberana" e "autodeterminação" promovidos pela ONU.

Também pediu que se estabeleça "novos paradigmas" entre Estados Unidos e América Latina baseados na "não intervenção nos assuntos internos".

Maduro acusa o governo de Barack Obama de apoiar os planos da oposição venezuelana para desestabilizar o país - mergulhado em uma profunda crise política e econômica - e propiciar um "golpe de Estado".

Estados Unidos e Venezuela têm mantido relações tensas e desde 2010 não há embaixadores nas respectivas capitais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos