Bombardeios deixam 11 mortos em redutos rebeldes perto de Damasco

Beirute, 10 Nov 2016 (AFP) - Pelo menos 11 pessoas, entre elas quatro crianças, morreram nesta quinta-feira (10) em ataques aéreos contra duas localidades rebeldes ao leste de Damasco - informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Em Douma, principal cidade do subúrbio de Damasco, frequentemente bombardeada pelo governo, um ataque aéreo deixou oito civis mortos, entre eles três crianças, enquanto duas mulheres e uma garota foram mortas em Saqba.

Há vários dias, o Exército sírio lança uma ofensiva para retomar o subúrbio de Damasco.

Na província de Deraa, ao sul, um oficial rebelde e sete membros de sua família, incluindo quatro crianças, morreram hoje em ataques aéreos sobre sua casa perto de Nassibin, indicou o OSDH.

"O capitão Imad Taqtaq foi um dos primeiros oficiais a desertar do Exército sírio" depois da revolta contra o governo em 2011", relatou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane.

Taqtaq dirigia um batalhão rebelde na província de Deraa, berço da revolta contra Bashar al-Assad. Sua mulher e seus dois filhos estão entre as vítimas.

A guerra civil na Síria deixou mais de 300.000 mortos em cinco anos.

sk-ram/vl/tt/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos