Obama e Trump tiveram 'excelente conversa' para iniciar transição

Washington, 10 Nov 2016 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que teve uma "excelente conversa" nesta quinta-feira com seu sucessor eleito, Donald Trump, no Salão Oval da Casa Branca, em um primeiro encontro para iniciar a transição de poder.

"Quero dizê-lo, senhor presidente eleito, que vamos fazer tudo o que pudermos para ajudá-lo a ter êxito. Porque, se você tiver sucesso, então todo o país terá", disse Obama a Trump durante a reunião.

Obama acrescentou que "é importante para todos nós, além dos partidos e das diferenças políticas, que estejamos unidos".

Trump disse se sentir "honrado" por estar no Salão Oval e comemorou a conversa, inicialmente prevista para ser meramente protocolar, mas que terminou se estendendo muito além da agenda.

O encontro, disse o presidente eleito, deveria durar 10 ou 15 minutos, e entretanto "ficamos falando quase uma hora e meia".

"Discutimos muitos temas diferentes. Alguns muito bons e algumas dificuldades. Espero poder trabalhar com o presidente no futuro, inclusive receber conselhos", disse Trump ao final do encontro histórico, e acrescentou que sentia "um enorme respeito" por Obama.

Dirigindo-se diretamente a Obama, Trump disse que "foi uma grande honra estar aqui com você e espero poder estar com você muitas outras vezes no futuro".

O atual e o futuro presidentes se permitiram fazer uma rápida piada quando o grupo de jornalistas começou a lançar perguntas dentro do Salão.

Obama pegou Trump pelo braço e lhe disse: "Aqui temos uma boa regra: nunca responda perguntas quando eles começarem a gritar".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos