Equador assina acordo comercial com a UE, prioritário para sua economia

Bruxelas, 11 Nov 2016 (AFP) - O Equador assinou nesta sexta-feira um acordo comercial com a União Europeia que poderá representar um alívio à economia do país andino asfixiada pela prolongada queda do preço do petróleo e pela valorização do dólar.

"Hoje o Equador se transforma em sócio comercial da UE, com uma visão estratégica de longo prazo", ressaltou durante o ato oficial de assinatura do vice-presidente equatoriano, Jorge Glas, cujo país se soma ao acordo multilateral com o bloco europeu já assinado por Colômbia e Peru.

Após anos de espera e complicadas negociações desde que em julho de 2014 chegou a um acordo preliminar, o Equador, com seu mercado de 16 milhões de habitantes, ampliará sua presença no mercado da UE, um bloque de 500 milhões de consumidores que já representa o principal destino de suas exportações não petroleiras, com 25%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos