Polícia turca prende jornalista francês em onda de detenções

Istambul, 11 Nov 2016 (AFP) - Um jornalista francês foi detido nesta sexta-feira pelas autoridades turcas quando realizava uma reportagem na província de Gaziantep, no sudeste da Turquia, na zona da fronteira com a Síria.

Olivier Bertrand foi "detido sem motivos", quando realizava uma reportagem, disse à AFP Isabelle Roberts, presidente do site de notícias Les Jours, destacando que não tem contato com o jornalista desde às 16H00 GMT (14H00 Brasília).

"Exigimos sua libertação imediata. Estamos muito preocupados, esperamos notícias dele", declarou Roberts.

Nesta sexta-feira também foi detido o diretor do jornal de oposição turco Cumhuriyet, Akin Atalay, que se soma a outros nove jornalistas presos na semana passada.

O fotógrafo turco que acompanhava Bertrand também foi detido, mas acabou libertado horas mais tarde.

A embaixada da França em Ancara informou que está em contato com o jornalista e com as autoridades turcas.

A detenção ocorre em um momento de tensão entre Ancara e Bruxelas após a prisão de vários jornalistas e de opositores ao governo em Ancara.

Os correspondentes estrangeiros têm denunciado detenções, expulsões e dificuldades administrativas para impedir seu trabalho.

"A detenção ilegal do nosso colega francês, Olivier Bertrand (...), é claramente um sinal de intimidação", declarou no Twitter o secretário-geral da organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), Christophe Deloire.

Após a fracassada tentativa de golpe de Estado na Turquia, milhares de pessoas foram detidas em uma onda de repressão contra todos os setores da sociedade.

bur-gkg/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos