Santos e Trump querem fortalecer relação 'estratégica' entre Colômbia e EUA

Bogotá, 12 Nov 2016 (AFP) - O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse que falou nesta sexta-feira (11) por telefone com o presidente recém-eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, com quem concordou em fortalecer a relação "especial e estratégica" entre seus países.

"Falei com o presidente eleito @realDonaldTrump. Concordamos em fortalecer a relação especial e estratégica entre Colômbia e Estados Unidos", tuitou Santos.

O telefonema durou cerca de cinco minutos e, segundo fontes da presidência, Trump disse ao presidente colombiano que "gosta muito da Colômbia".

Na quinta-feira, Santos garantiu que os Estados Unidos reafirmaram sua "cooperação para 2017 em pós-conflito e na luta antidrogas", depois de, na véspera, ter acontecido em Bogotá um encontro do grupo de trabalho bilateral que mantêm ambos os países.

Para a Colômbia, que atravessa um conflito armado de mais de meio século e também é o primeiro produtor mundial de cocaína, o apoio de Washington é de grande importância.

lda/ja/tt/lr

Twitter

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos