Trump não descarta 'Obamacare' modificado: WSJ

Nova York, 11 Nov 2016 (AFP) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, disse considerar uma versão modificada da reforma de saúde de seu antecessor, Barack Obama, conhecida como 'Obamacare', um sinal de mudança de posição depois que ele prometeu repetidas vezes durante a campanha que revogaria a medida.

Em entrevista ao jornal The Wall Street Journal, publicada nesta sexta-feira, Trump explicou que esta mudança ocorre depois de conversar na véspera, na Casa Branca, com o presidente Obama, que lhe pediu que considerasse manter partes da lei, oficialmente denominada Lei de Proteção e Cuidado ao Paciente (ou ACA, sigla em inglês para Affordable Care Act).

"O Obamacare será modificado, repelido ou substituído", disse Trump ao jornal.

"Eu lhe disse que verei suas sugestões e, por respeito, farei isto", concluiu.

Os repetidos ataques de Trump à reforma de Obama foram um dos pontos centrais de sua campanha, que ele utilizou para alfinetar sua adversária, a democrata Hillary Clinton, uma vez que os prêmios de seguro aumentaram para alguns inscritos em estados-chave.

Mas, como a ACA enfrentou a oposição unânime dos republicanos desde que a lei entrou em vigor, em 2010, a questão de como os legisladores poderiam substituí-la permanece sem resposta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos