Donald Trump pode pedir conselho a Bill Clinton

Washington, 12 Nov 2016 (AFP) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, não descartou a possibilidade de pedir conselhos ao ex-presidente Bill Clinton, após receber um telefonema "muito amistoso" do marido de sua adversária democrata, revela uma entrevista divulgada nesta sexta-feira.

Em atitude apaziguadora após uma campanha presidencial de inédita violência verbal, Trump já havia manifestado sua disposição de receber conselhos do presidente em final de mandato, Barack Obama, "um homem de bem".

Em entrevista concedida à rede CBS, que será difundida na íntegra no domingo, a jornalista Lesley Stahl pergunta a Trump se ele considera pedir conselhos também a Bill Clinton.

"É alguém muito talentoso, em fim, são uma família muito talentosa. Certamente pensarei nisto, certamente", respondeu Trump, que assumirá o cargo no dia 20 de janeiro.

Após contar que Bill Clinton telefonou para felicitá-lo, Trump disse que o ex-presidente "não poderia ter sido mais amável". "Ele declarou que foi uma campanha incrível, uma das mais incríveis que já viu. Foi muito, realmente muito agradável".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos