Protesto neonazista acaba em dois feridos e cinco detidos em Estocolmo

Estocolmo, 12 Nov 2016 (AFP) - Cinco pessoas foram detidas, e duas ficaram feridas na manifestação de um movimento neonazista em Estocolmo, neste sábado (12), ato que sofreu a oposição de militantes antifascistas.

Milhares de pessoas contrárias a esse protesto organizado pelo Movimento de Resistência Nórdica (NMR) se reuniram ao meio-dia de hoje no centro da capital sueca.

A Polícia conseguiu instalar um cordão de isolamento em torno de centenas de manifestantes que protestavam contra o que chamam de "invasão dos estrangeiros" na Suécia.

As detenções foram de manifestantes antifascistas que se chocaram com os neonazistas e enfrentaram os policiais.

Na dispersão da manifestação, houve breves confrontos que deixaram duas pessoas levemente feridas, disse o porta-voz da Polícia Lars Byström à agência de notícias TT.

Um policial foi agredido pelos manifestantes, e uma outra pessoa ficou ferida em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Segundo a revista Expo, especializada na extrema-direita, o NMR nunca havia conseguido reunir tantas pessoas - foram pelo menos 600 - desde sua criação em 1997.

hh/abk/eg/lmm./tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos