Israelense é detido após descoberta de corpo esquartejado na Tailândia

Bangcoc, 13 Nov 2016 (AFP) - Um israelense foi detido na Tailândia suspeito de assassinato depois da descoberta de um corpo esquartejado de um compatriota - um ex-policial que estava desaparecido - em sua residência, informou a polícia.

Os investigadores explicaram que agiram a pedido da embaixada de Israel e de um parente da vítima.

O comando da polícia informou que as investigações colocaram os agentes na pista de um israelense que vivia na zona norte de Bangcoc.

O suspeito do crime tentou usar o cartão de crédito da vítima e em sua casa a polícia encontrou o corpo do israelense desaparecido cortado em pedaços e distribuído em três sacolas plásticas.

O homem confessou o crime, e, segundo a polícia, o motivo foi "um triângulo amoroso".

A vítima foi identificada como Eliyahu Cohen, de 62 anos, e o suspeito como Simon Beton, de 52.

tp-jta/ev/ra/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos