Multidão enforca suspeito de estuprar uma menina na Bolívia

Em La Paz

Uma multidão revoltada enforcou em uma árvore o suspeito de ter estuprado uma menina de quatro anos que morreu depois de ser abusada em um povoado boliviano.

O suposto ator do estupro, de 37 anos, chegou a ser detido, mas a multidão invadiu a prisão, o tirou da cela e o linchou enquanto o arrastava pelas ruas de Reyes, povoado no noroeste da Bolívia.

Depois, foi enforcado numa árvore e seu corpo exposto como exemplo.

"As pessoas estavam muito revoltadas e violentas. Não pudemos fazer nada, a não ser proteger a vida de nossos homens", explicou Iván Zambrana, diretor departamental da Força Especial de Luta Contra o Crime, segundo a agência estatal de notícias ABI.

A menina e a família foram a Reyes para participar do enterro da avó. No sábado pela manhã, a criança desapareceu e posteriormente foi encontrada morta, com sinais de abuso sexual.

A polícia informou que, segundo as investigações preliminares, o estuprador tinha antecedentes do mesmo delito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos