Macri e Trump conversam como 'velhos conhecidos', diz governo argentino

Buenos Aires, 14 Nov 2016 (AFP) - O presidente da Argentina, Mauricio Macri, falou com o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, com quem fez negócios na década de 1980.

"A conversa se estendeu por 15 minutos. Ambos lembraram de sua histórica relação pessoal e se comprometeram a trabalhar em uma agenda comum para o crescimento dos dois países", informou um comunicado da presidência em Buenos Aires.

A imprensa nacional ressaltou durante o fim de semana que Macri estava ansioso por conectar novamente com o magnata imobiliário com quem compartilhou no passado partidas de golfe e negócios.

Macri também disse a Trump, que sucederá o presidente democrata Barack Obama no dia 20 de janeiro, que espera vê-lo em Buenos Aires durante a cúpula do G-20, que será realizada na capital argentina em 2018. Segundo o governo argentino, Trump respondeu ao convite dizendo que gostaria de ver Casa Branca antes disso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos