Para UE, Trump será julgado por seu desempenho

Washington, 14 Nov 2016 (AFP) - Donald Trump será julgado por seu desempenho, mas os Estados Unidos continuarão sendo um parceiro sólido e confiável para a União Europeia, avaliou nesta segunda-feira o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici.

"Todo mundo se pergunta sobre as razões de sua eleição e, claro, sobre as consequências. Todos tentam descifrar sua personalidade, suas opiniões e seus objetivos políticos sobre temas mundiais como o comércio e as relações internacionais", considerou.

"Suas declarações de campanha serão matizadas ou transferidas à agenda política dos próximos quatro anos? Saberemos logo. Temos que conservar um espírito aberto, mas precisamos estar atentos", acrescentou Moscovici em um discurso na universidade americana de Harvard.

"(...) Me surpreendeu o resultado da semana passada, assim como a muitos europeus e, certamente, a muitos de vocês. Mas devemos tomar esse despertar doloroso como um chamado político", acrescentou.

Moscovici ressaltou que era o primeiro representante de instituições europeias a viajar para os Estados Unidos desde que o republicano foi eleito no dia 8 deste mês como sucessor de Barack Obama na Casa Branca.

"Estou certo de que os Estados Unidos continuarão sendo um parceiro sólido e confiável para nós. Essa associação é uma necessidade. Os desafios mundiais em matéria de segurança, economia, comércio e mudanças climáticas só podem ser enfrentados se os Estados Unidos e a Europa compartilharem uma agenda e uma direção comum", afirmou o comissário europeu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos