Trump e Putin a favor de normalização das relações EUA-Rússia (Kremlin)

Moscou, 14 Nov 2016 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, e seu futuro contraparte americano, Donald Trump, mantiveram uma conversa por telefone nesta segunda-feira, na qual falaram da necessidade de realizarem um trabalho conjunto para a normalização das relações entre os dois países, informou o Kremlin.

Nesta conversa, decidida de "comum acordo", segundo um comunicado do Kremlin, Putin voltou a saudar Trump pela vitória nas eleições e disse estar disposto a "estabelecer um diálogo com a nova administração em pé de igualdade, segundo um princípio de respeito mútuo e sem interferir nos assuntos internos do outro".

Putin e Trump concordaram em constatar o estado atual "muito pouco satisfatório das relações russo-americanas" e na "necessidade de um trabalho conjunto para a sua normalização", destacou o comunicado.

Os dois ressaltaram a importância de suas relações econômicas e comerciais.

Concordaram, ainda, na "necessidade de unir seus esforços na luta contra o inimigo número um: o terrorismo internacional e o extremismo" e, "nesse contexto, discutiram a crise na Síria", segundo o Kremlin.

Putin e Trump "continuarão com seus contatos por telefone e representantes dos dois lados se encarregarão de preparar um encontro" entre eles, acrescentou a Presidência russa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos