Juiz manda soltar Dassey, personagem da série 'Making a Murderer'

Em Washington

  • Morry Gash/AP/Arquivo

    Brendan Dassey foi condenado quando tinha 16 anos

    Brendan Dassey foi condenado quando tinha 16 anos

Um juiz americano ordenou nesta segunda-feira (14) a soltura de Brendan Dassey, um dos dois homens condenados por assassinato em um famosos caso que voltou a ser discutido após virar série do Netflix "Making a Murderer".

O juiz federal em Wisconsin William Duffin disse que Dassey, 27, deveria ser solto da prisão, enquanto a Procuradoria apela de seu veredicto de agosto passado, o qual reverteu a condenação contra ele.

Rapidamente, o procurador-geral em Wisconsin, Brad Schimel, anunciou que entrará com um recurso para impedir que o réu seja solto.

Dassey e seu tio Steven Avery, 54, foram condenados à prisão perpétua, depois de serem acusados e condenados pelo homicídio da fotógrafa Teresa Halbach, de 25, em 2005.

"Making a Murderer", popular série lançada no Netflix em dezembro passado, retrata a investigação frustrada, ou simulada, sobre o caso, assim como vários elementos que levam a pensar que Dassey e Avery foram presos injustamente.

A decisão do juiz Duffin expô, principalmente, a defesa desastrosa que Dassey teve em 2006, a cargo do advogado Leonard Kachinsky.

A conduta do advogado de Dassey, então com 16 anos e limitado coeficiente intelectual, foi "indefensável", de acordo com o juiz.

Depois do lançamento da série no Netflix, cresceram os pedidos para libertar o jovem e seu tio, a ponto de a Casa Branca receber um abaixo-assinado com mais de 130 mil assinaturas, pedindo o perdão presidencial.

A Casa Branca respondeu que os dois acusados não foram condenados em um processo federal, e sim pelo sistema judiciário de Wisconsin. Por esse motivo, o presidente não poderia lhes conceder o indulto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos