Três hospitais bombardeados no norte da Síria

Beirute, 15 Nov 2016 (AFP) - Três hospitais em áreas rebeldes no norte da Síria foram atingidos por ataques aéreos durante as últimas 24 horas, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Os ataques fizeram feridos entre a equipe médica e os pacientes, disse o OSDH, sem ser capaz de determinar se eles tinham sido realizados pela força aérea síria ou por seu aliado russo.

O hospital da cidade de Awijel, no oeste da província de Aleppo, foi alvo de bombardeios na madrugada desta terça-feira, de acordo com a mesma fonte.

Na segunda-feira, outros dois hospitais - um em Kafr Naha e outro em Atareb - já haviam sido atingidos por ataques aéreos.

O hospital de Atareb foi bombardeado cinco vezes e os ataques destruíram salas de cirurgia e a farmácia, danificaram ambulâncias e feriram pessoal médico, de acordo com o Observatório.

Ambos os hospitais já haviam sido atingidos por ataques aéreos no passado.

Organizações de direitos humanos acusam o regime sírio e seu aliado russo de atacar deliberadamente hospitais em áreas controladas pelos rebeldes, o que Damasco e Moscou negam.

Mais de 300.000 pessoas foram mortas na Síria desde o início do conflito em 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos