Canadá será parceiro dos EUA com ou sem Trump, diz Trudeau

Buenos Aires, 17 Nov 2016 (AFP) - O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou nesta quinta-feira, em visita a Buenos Aires, que a relação com os Estados Unidos "vai muito além" das ideologias e que trabalhará com o presidente eleito Donald Trump, embora defendendo interesses e valores dos canadenses.

Trudeau também anunciou um relançamento da associação estratégica e os vínculos comerciais com a Argentina, após assinar acordos na Casa Rosada (sede do governo) com o presidente argentino, Mauricio Macri, em uma visita oficial de 24 horas.

"A economia canadense está conectada de maneira profunda, entrelaçada com a americana. É uma relação que vai muito além de um presidente. Somos parceiros de 35 estados dos Estados Unidos. Os vínculos vão além das pessoas ou das ideologias", disse em coletiva de imprensa na presidência.

Trudeau argumentou que vai "trabalhar de maneira construtiva com o presidente americano".

"Sei que os canadenses querem que eu defenda seus interesses e valores, e isso é o que eu vou fazer", acrescentou, sobre as eventuais políticas contra o livre-comércio ou imigração prometidas por Trump em sua campanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos