Primeiro-ministro japonês se reunirá com Trump em Nova York

Tóquio, 17 Nov 2016 (AFP) - O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe viaja nesta quinta-feira a Nova York, onde será o primeiro chefe de Estado a ter uma reunião com Donald Trump, o próximo presidente dos Estados Unidos.

O bilionário receberá Abe em seu escritório na Trump Tower. O encontro pode dar pistas sobre o futuro dos acordos de segurança entre Japão e Estados Unidos, pactos que o republicano questionou durante a campanha eleitoral.

"É uma honra reunir-me com o presidente eleito Trump antes dos demais líderes mundiais", declarou Abe à imprensa.

"Gostaria de abordar nossos sonhos de futuro", disse.

Antes da eleição, Trump mencionou a possibilidade de retirar milhares de soldados da região caso Tóquio e não pagassem mais pela manutenção das tropas americanas em seus países.

O próximo presidente americano também sugeriu que os Estados Unidos estariam "melhores" com aliados asiáticos dotados de armas nucleares, palavras que provocaram espanto no Japão, única nação que sofreu um ataque com a bomba atômica.

Apesar de depois ter negado o comentário, os aliados de Washington desconfiam do futuro papel dos Estados Unidos como única superpotência capaz de enfrentar China e Coreia do Norte.

Trump também criticou o Tratado de Livre Comércio Transpacífico, uma iniciativa respaldada pelo presidente americano Barack Obama, que Abe deseja aprovar no Parlamento japonês o mais rápido possível.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos