Coreia do Norte ataca acordo entre Coreia do Sul e seu "inimigo" Japão

Seul, 18 Nov 2016 (AFP) - A Coreia do Norte atacou nessa sexta-feira o acordo de compartilhamento de inteligência estabelecido entre Coreia do Sul e Japão, acusando Seul de um ato grave de traição com o "inimigo" do povo coreano.

O acordo para compartilhar a inteligência em defesa - em grande parte impulsionado pela crescente ameaça de programas nucleares e de mísseis da Coreia do Norte - foi alcançado e provisoriamente assinado em Tóquio na segunda-feira.

A decisão foi controversa na Coreia do Sul, onde o legado de um duro domínio colonial japonês de 1910 a 1945 na península coreana gerou um profundo sentimento anti-japonês e a crença de que Tóquio nunca respondeu corretamente pelos abusos daquela época.

As tensões entre a Coreia do Sul e Japão são bem-vindas e até mesmo incentivadas pela Coreia do Norte, que aproveita qualquer oportunidade para conduzir um racha entre os dois aliados militares dos EUA na região.

Um porta-voz para o Comitê de Paz da Ásia-Pacífico da Coreia em Pyongyang inteligência chamou o acordo de "ato hediondo de traição destinado para abafar compatriotas no norte em conluio com o inimigo jurado da nação".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos