Ex-ditador filipino Ferdinand Marcos sepultado no "Cemitério dos Heróis"

Manila, 18 Nov 2016 (AFP) - O ex-ditador Ferdinand Marcos, falecido em 1989, foi sepultado com honras militares nesta sexta-feira em uma cerimônia secreta e polêmica, três décadas após sua queda em consequência de uma rebelião popular.

O ato, iniciado com 21 salvas de canhão na presença de soldados com uniforme cerimonial, aconteceu no "Cemitério dos Heróis" de Manila, após a discreta transferência do caixão por transporte aéreo para evitar manifestações de protesto.

Na semana passada, a Suprema Corte determinou que Marcos, que permaneceu no poder por duas décadas antes de ser deposto em 1986 por uma rebelião popular respaldada pelas Forças Armadas, poderia ser enterrado no Cemitério dos Heróis.

A decisão, que confirmou uma recomendação do polêmico presidente Rodrigo Duterte, irritou muitos opositores do regime de Ferdinand Marcos, preocupados em não deixar cair no esquecimento seus muitos crimes.

A ágil movimentação da família do ex-ditador e do governo para realizar a cerimônia após a decisão da Suprema Corte, sem aguardar o resultado de apelações pendentes, escandalizou ainda mais os grupos opositores.

cgm-kma/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos