Presidente do Peru pede à Apec que aumente o comércio e 'derrote' o protecionismo

Lima, 18 Nov 2016 (AFP) - O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, abriu nesta sexta-feira a cúpula da Apec com um pedido para aumentar o comércio e derrotar o protecionismo, em meio ao fortalecimento de tendências protecionistas nos Estados Unidos e na Europa.

É fundamental que "o comércio mundial cresça novamente e o protecionismo seja derrotado", disse Kuczynski, na sessão inaugural em Lima da cúpula do Fórum de Cooperação Econômico Ásia-Pacífico (Apec), que agrupa 21 nações, entre elas, Estados Unidos, China, Rússia e Japão.

"Nos Estados Unidos e na Grã Bretanha, o protecionismo está assumindo o comando", afirmou o governante, nesta reunião que reverbera a vitória eleitoral de Donald Trump e suas advertências protecionistas, além da decisão do Reino Unido de abandonar a União Europeia.

A cúpula, que vai até domingo, contará com a participação do presidente Barack Obama e do russo Vladimir Putin.

bur-mav/ljc/yow/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos