Caças suíços escoltam avião do governo russo

Genebra, 19 Nov 2016 (AFP) - Dois caças suíços escoltaram na sexta-feira um avião do governo russo que sobrevoava o território suíço, de acordo com o exército suíço, fato que provocou protestos da embaixada russa.

A aeronave transportava membros da delegação russa e repórteres que viajavam a Lima para participar do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC).

Nas redes sociais há várias fotografias dos caças suíços perto do avião russo.

Na sexta-feira, "pouco depois das 15h00 horas, dois aviões FA/18 da força aérea suíça procederam uma verificação de rotina de um avião do Estado russo. Esta aeronave havia sido anunciada. Trata-se, como definido nas regras da ICAO, de verificar a identificação" do dispositivo, explicou o porta-voz do exército suíço, Daniel Reist.

ICAO é a sigla em inglês para a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

Reist lembrou que as forças aéreas suíças "realizam entre 300 e 400 controles de aeronaves de países terceiros por ano". "Esses controles fazem parte das normas e procedimentos da ICAO", disse ele.

As autoridades russas expressaram seu descontentamento e exigiram explicações.

"Pedimos uma explicação da Suíça sobre o incidente", escreveu neste sábado no Twitter a embaixada da Rússia em Berna.

Não é a primeira vez que um avião russo que voa sobre o espaço aéreo suíço é escoltado por caças. Em outubro de 2015, Moscou protestou junto ao embaixador da Suíça por uma manobra de um F/A-18 perto de um avião russo transportando uma delegação parlamentar para Genebra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos