Sanofi apresenta na Guatemala primeira vacina contra a dengue

Cidade da Guatemala, 22 Nov 2016 (AFP) - A farmacêutica francesa Sanofi Pasteur apresentou nesta terça-feira na capital da Guatemala a primeira vacina preventiva contra a dengue, cuja comercialização no setor privado começará nas próximas semanas, anunciaram diretores regionais da empresa.

"A vacina contra a dengue é indicada para a população de entre nove e 45 anos de idade nas zonas endêmicas, como uma medida de prevenção da doença", disse a jornalistas a mexicana Lorena González, gerente médica da Sanofi para a América Central e o Caribe, durante a apresentação do produto.

Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde, entre 2005 e 2016 a dengue provocou 132 mortes, entre os 114.348 casos registrados na Guatemala.

González indicou que, com a aprovação da Guatemala, os consultórios privados já terão à disposição a vacina Dengvaxia nas próximas semanas, mas não revelou o valor do produto farmacêutico.

A vacina da Sanofi, que requereu 20 anos de pesquisa e um investimento de 1,6 bilhão de dólares, foi submetida às autoridades sanitárias de mais de 20 países em 2015. Até agora, quase dois milhões de doses já foram ministradas na Ásia e no Brasil.

O vírus da dengue é transmitido por mosquitos nas zonas tropicais e subtropicais, e infecta a cada ano cerca de 400 milhões de pessoas em mais de 120 países, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos