Merkel lamenta o projeto de Trump de retirar EUA do TPP

Berlim, 23 Nov 2016 (AFP) - A chanceler alemã Angela Merkel lamentou nesta quarta-feira o projeto anunciado pelo presidente eleito dos Estados Unidos Donald Trump de retirar o seu país do Acordo de Cooperação Econômica Transpacífico (TPP), quando assumir o cargo.

"Não me alegra o fato de que o TPP provavelmente não vai se realizar", declarou a chanceler em um debate sobre o orçamento de 2017 na câmara baixa do parlamento, o Bundestag.

"Eu não sei a quem vai beneficiar" essa retirada, indicou. "Eu só sei que haverá outros acordos comerciais. E estes não terão nem o nível deste acordo, nem do acordo prévio" de livre-comércio entre a Europa e os Estados Unidos (TTIP ou TAFTA), também ameaçado.

O TPP, promovido pelo presidente Barack Obama, foi assinado por 12 países, incluindo os Estados Unidos, México, Peru e Chile, bem como nações da região Ásia-Pacífico, mas sem a China.

O acordo está num impasse desde que Trump manifestou a sua determinação em bloqueá-lo e substituí-lo por acordos "bilaterais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos