Descobertas no Iraque mais duas fossas comuns, agora com 18 corpos

Erbil, Iraque, 27 Nov 2016 (AFP) - Duas fossas comuns, com os corpos de 18 membros da minoria yazidi, alvo dos ataques do grupo Estado Islâmico (EI), foram descobertas no norte do Iraque - anunciou uma autoridade local neste domingo (27).

Ambas as valas ficam no povoado de Um al-Shababik, na região de Sinjar, entre Mossul e a fronteira síria, declarou o prefeito de Sinjar. Em cada fossa, que têm uma distância de cerca de 150 metros entre si, havia nove corpos.

Segundo o prefeito, chega a 29 o número de fossas comuns encontradas desde que as forças que combatem o EI retomaram a cidade de Sinjar no ano passado. A localidade concentra a maioria yazidi de origem curda.

Pelo menos 1.600 cadáveres estão enterrados nessas fossas, relata o prefeito.

Seguidores de uma religião monoteísta pré-islâmica, os yazidis são considerados hereges pelo EI, que executa seus homens e transforma as mulheres em escravas sexuais.

Em março de 2015, a ONU classificou os ataques do Estado Islâmico contra os yazidis no Iraque como "tentativa de genocídio", pedindo a intervenção do Tribunal Penal Internacional (TPI).

Segundo os líderes dessa minoria, até três mil mulheres yazidis estariam nas mãos dos extremistas.

str-ac/dab/nbz/gm/pa/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos