Italianos rejeitam reforma constitucional de Renzi (boca de urna)

Roma, 4 dez 2016 (AFP) - Os italianos rejeitaram neste domingo em um referendo a reforma constitucional promovida pelo premier, Matteo Renzi, segundo as primeiras pesquisas de boca de urna divulgadas pela TV após a votação.

Segundo o canal público RAI e o privado La 7, 54% dos italianos votaram "não", contra 46% que optaram pelo "sim".

Se o resultado for confirmado oficialmente, Renzi poderia renunciar ao cargo, o que afetaria a estabilidade da terceira maior economia da União Europeia.

Segundo fontes ligadas à chefia de governo, o primeiro-ministro participará de uma entrevista coletiva às 24h locais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos