Conheça Sirte, berço de Kadhafi que virou reduto do Estado Islâmico na Líbia

Trípoli, 5 dez 2016 (AFP) - Sirte, cidade natal e reduto do falecido ditador líbio Muamar Kadhafi durante quatro décadas, em um ano se transformou em um reduto do grupo extremista Estado Islâmico (EI), antes de ser retomada nesta segunda-feira pela forças leiais ao Governo Líbio de União.

Localidade estratégicaCidade portuária do Mediterrâneo, Sirte está localizada a menos de 300 km do continente europeu. Está situada no meio do caminho entre Tripoli e a grande cidade da região oriental de Cirenaica Benghazi.

A sua proximidade da zona do "Crescente Petrolífero" foi um dos atrativos para o EI no país, que esperava estender seu controle para terminais e portos de petróleo para financiar suas operações.

Cidade natal de Kadhafi A maioria dos habitantes de Sirte pertencem a uma das quatro principais tribos da região: Kadadfas - clã de Muammar Kadhafi deposto e morto em 2011 - Werfalla - numericamente importante no oeste da Líbia - Forjane e, especialmente, Magariha - a mais próxima e leal ao regime derrubado.

Para honrar sua cidade natal, Kadhafi tentou por todos os meios, em vão, torná-la a capital do seu "Jamahiriya" (Estado das massas). No entanto, criou uma nova província na região de Sirte, "al-Wosta" (centro), além das outras três já existentes: Tripolitânia, Cirenaica e Fezzan.

Na década de 1990, ele ordenou a instalação de ministérios em Sirte, antes de levar para lá a sede do Parlamento, mas o número de vítimas na estrada, incluindo ministros, finalmente desencorajou seus planos.

Sirte tinha 120.000 habitantes antes de sua tomada em 9 de junho de 2015 pelo extremistas. Muitos deles fugiram dos combates e não é possível determinar seu número agora.

Reduto do EIDurante a revolta popular que derrubou Kadhafi em 2011, Sirte sofreu grande destruição.

Aproveitando-se do caos que se instalou na Líbia, onde milícias rivais disputam poder, o EI tomou Sirte em junho de 2015.

O grupo montou seu quartel-general no centro de conferências de Uagadugu, construído por Kadhafi e que viu o nascimento da União Africana, em 9 de setembro de 1999.

Durante o tempo que permaneceram na cidade, os jihadistas percorriam as ruas em veículos 4x4 para assegurar que os homens respeitavam as horas de oração e as mulheres não saiam sozinhas

Dezenas de pessoas foram presas, crucificadas ou decapitadas.

Decisivo para o governo de uniãoEm 12 de maio, menos de dois meses após seu estabelecimento em Tripoli, o Governo de União Líbio (GNA) lançou uma ofensiva para retomar o controle de Sirte.

Contestado pelas autoridades rivais, quer fazer da vitória na cidade um símbolo de sua autoridades.

Após mais de seis meses de combates, suas forças finalmente anunciaram nesta segunda a retomada da localidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos