Falsa embaixada dos EUA operou em Gana durante dez anos

Washington, 6 dez 2016 (AFP) - Golpistas que se apresentavam como funcionários consulares dos Estados Unidos mantiveram uma falsa embaixada americana em Acra, capital de Gana, na qual emitiam e entregavam vistos falsificados, informou nesta segunda-feira o departamento de Estado.

O porta-voz Mark Toner precisou que ninguém conseguiu entrar nos Estados Unidos com estes vistos falsos, reproduzidos a partir de documentos reais obtidos pelos golpistas.

"Hoje em dia é muito, muito difícil, falsificar vistos americanos, e por este motivo a operação fracassou", acrescentou Toner.

Ao ser perguntado sobre a capacidade desta falsa delegação diplomática de funcionar durante tanto tempo, o porta-voz explicou que as vítimas da fraude tinham vergonha de denunciá-la.

"Foram enganados, e ninguém vai correndo à polícia para dizer que obteve um visto americano ilegalmente".

As fotos da falsa embaixada mostram um prédio modesto onde há uma foto do presidente Barack Obama na parede.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos