Premier da Nova Zelândia renuncia

Wellington, 5 dez 2016 (AFP) - O primeiro-ministro da Nova Zelândia, John Key, anunciou inesperadamente sua renúncia nesta segunda-feira, alegando motivos pessoais.

"Esta é a decisão mais difícil que já tive que tomar, e não sei o que farei depois", disse Key em entrevista coletiva. Sua formação, o Partido Nacional, deve se reunir na próxima semana para eleger um novo líder.

"Ser líder tanto do partido como do país tem sido uma experiência incrível", completou.

Key, um ex-operador cambial do Merrill Lynch, completou há pouco tempo oito anos como primeiro-minitro e lidera seu partido, de centro-direita, há uma década.

Muitos acreditam que seu provável sucessor será o vice-premier Bill English.

"Sinto que saio quando estou no auge", afirmou Key, antes de explicar que deseja passar mais tempo com a mulher, Bronagh, e os filhos, Stephanie e Max.

"Com o passar dos anos, observei muitos líderes, que em situações similares não conseguiram dar este passo. Posso entender por quê. Este é um trabalho que é difícil de deixar", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos