Presidente da Itália pede ao premiê Renzi que adie renúncia (oficial)

Roma, 5 dez 2016 (AFP) - O presidente da República italiana, Sergio Mattarella, pediu ao primeiro-ministro Matteo Renzi, nesta segunda-feira (5), que adie sua renúncia até a aprovação da Lei Orçamentária 2017 - informaram fontes oficiais.

Com isso, o premiê deve permanecer no poder por mais alguns dias a pedido de Mattarella. Renzi anunciou sua demissão no domingo (4), depois de perder, na véspera, um referendo sobre a reforma da Constituição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos