Primeiro-ministro japonês anuncia que visitará Pearl Harbor

Em Tóquio

  • U.S. Navy via AP

    Imagem de 7 de dezembro de 1941 mostra marinheiros durante ataque surpresa do Japão em Pearl Harbor, Havaí

    Imagem de 7 de dezembro de 1941 mostra marinheiros durante ataque surpresa do Japão em Pearl Harbor, Havaí

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou nesta segunda-feira (5) que visitará no final do mês Pearl Harbor, por ocasião de uma visita ao Havaí para uma reunião com o presidente americano Barack Obama.

"Vou visitar Pearl Harbor" com o presidente Barack Obama, disse Abe à imprensa.

Ele será o primeiro chefe de governo japonês a visitar a ilha americana atacada pelo Japão em 7 de dezembro de 1941, ato que provocou a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

Abe permanecerá no Havaí nos dias 26 e 27 de dezembro.

A viagem ao Havaí acontece após uma visita de Obama a Hiroshima, a cidade japonesa destruída pela primeira bomba atômica lançada pelos Estados Unidos no final da Segunda Guerra Mundial.

Obama cumprimenta sobreviventes da bomba de Hiroshima

  •  

A viagem de Obama a Hiroshima havia provocado especulações sobre uma eventual viagem de Abe a Pearl Harbor.

Akie, mulher de Abe, viajou a Pearl Harbor em agosto e escreveu em sua página do Facebook que havia depositado flores no USS Arizona Memorial.

Há 75 anos, aviões japoneses atacaram a base americana e mataram mais de 2.400 soldados e civis.

Em duas horas, o ataque surpresa afundou ou danificou quase 20 navios da frota do Pacífico e destruiu 164 aviões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos