Dono de albergue incendiado em Oakland se isenta de responsabilidade

San Francisco, 6 dez 2016 (AFP) - O administrador do depósito "Ghost Ship" em Oakland, EUA, destruído em um incêndio na noite de sexta-feira durante uma festa, que deixou um total de 36 mortos, lamentou o incidente e não aceitou ser responsabilizado pelo ocorrido.

Derick Ion Almena contou à rede de televisão americana NBC que no depósito, que servia de albergue para um coletivo de artistas, eles faziam " música, arte, se transformou em nossa casa".

Na sexta-feira, a construção se incendiou durante uma festa eletrônica, porém até o momento não existem mais informações sobre a tragédia.

Os bombeiros disseram que não esperavam encontrar mais corpos nos escombros do incêndio, já que 85% da estrutura desabou.

Questionado pela NBC sobre a sua responsabilidade na tragédia, Almena respondeu: "Deveria ser considerado responsável? O que posso fazer é estar presente aqui nesse momento".

"Só estou aqui para dizer uma coisa: eu lamento muito", afirmou, acrescentando que costumava dormir no depósito com seus três filhos, mas que por causa da festa foram todos para um hotel.

O imóvel tinha as portas abertas para aqueles que "não podem pagar aluguel porque seus sonhos são maiores que sua capacidade financeira" contou Almena, que diz ter "feito um contrato em um edifício que supostamente estava de acordo com as leis municipais".

"Era um sonho, a ideia de um lugar que pudesse acolher todo mundo, de jovens em situação de risco, integrantes da comunidade gay a artistas que não tinham onde desenvolver sua arte, a arte alternativa", conta.

Desde sábado, as autoridades locais contaram que o lugar estava cheio de instrumentos musicais, lâmpadas antigas e outros objetos recolhidos que aparentemente não estavam de acordo com as determinações municipais.

Até o momento, foram identificados 35 de um total de 36 mortos no incêndio. Em sua maioria são adultos, entre 20 e 35 anos, e uma adolescente de 17.

Alguns eram cidadãos de Europa e Ásia, e as autoridades de Oakland estão trabalhando juntamente com o Departamento de Estado americano para contatar os governos estrangeiros.

Imagens que circulam pela internet mostram pianos, quadros e objetos de madeira no edifício, o que ajuda a explicar como as chamas conseguiram alcançar rapidamente a estrutura do prédio, ainda que os bombeiros tenham chegado ao local em apenas três minutos.

Oakland é uma cidade de 420 mil habitantes situada em frente a San Francisco, Califórnia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos