Kerry desmente que EUA se recusem a falar com a Rússia sobre Alepo

Bruxelas, 6 dez 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, rebateu nessa terça-feira em Bruxelas as acusações feitas por Moscou de que os Estados Unidos se recusariam a dialogar com a Rússia a respeito de um plano de evacuação na cidade síria de Alepo.

"Não estou consciente de nenhuma negativa específica nem desse novo plano" de eventual retirada dos rebeldes de Alepo, disse Kerry em Bruxelas, onde acontece uma reunião de conselheiros da OTAN.

O ministro de Relações Exteriores russo, Serguei Lavrov, acusou Washington de ter anulado negociações sobre a Síria, marcadas para a próxima quarta-feira, entre especialistas de ambos países em Genebra.

"É impossível falar seriamente com nossos parceiros americanos", lamentou Lavrov em declarações à imprensa.

Representantes dos dois países mantêm conversas de nível técnico há meses na Suíça.

Kerry e Lavrov conversaram na sexta-feira passada em Roma, onde combinaram uma reunião em Genebra, mais precisamente sobre o aumento do conflito na Síria e a evacuação dos rebeldes em Alepo.

O corpo diplomático americano nunca confirmou essa reunião em Genebra, porém, em visita a Berlim na última segunda-feira, Kerry solicitou um novo encontro com o chanceler russo na quarta ou quinta-feira na cidade alemã de Hamburgo, onde acontecerá uma reunião da Organização de Segurança e Cooperação da Europa (OSCE).

nr-tjc/mb/bn/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos