Trump ameaça cancelar encomenda de novos aviões presidenciais

Washington, 6 dez 2016 (AFP) - Os custos do projeto do futuro avião presidencial americano, o Air Force One, estão "totalmente fora de controle", afirmou nesta terça-feira o presidente eleito, Donald Trump, que ameaçou cancelar o contrato bilionário com a Boeing.

"A Boeing está construindo um Air Force One com um modelo 747 totalmente novo para os futuros presidentes, mas os custos estão fora de controle, mais de US$ 4 bilhões. Cancelem a encomenda!", tuitou Trump.

"Eu acho que a Boeing está forçando um poucos os números. Queremos que a Boeing ganhe muito dinheiro, mas não tanto dinheiro", disse horas depois o presidente eleito a jornalistas na Trump Tower, seu QG em Manhattan, acrescentando que o valor é "ridículo".

Contatado pela AFP, um porta-voz da Boeing disse que a empresa não comentaria o assunto.

O governo dos Estados Unidos, através da Força Aérea, fez contratos com a Boeing em janeiro deste ano para a construção de duas aeronaves que substituirão os atuais aviões presidenciais. Na ocasião, os custos do projeto foram estimados em US$ 3 bilhões.

Nessa fase do acordo, o governo pagou à Boeing uma tarifa contratual de US$ 25,7 milhões para discutir os planos para transformar os modelos mais atuais da empresa (Boeing 747-8) em aviões presidenciais até 2024.

Os aviões atualmente à disposição do presidente Barack Obama foram encomendados pelo então presidente Ronald Reagan e entregues em 1990, segundo a Casa Branca.

Estas duas aeronaves são formalmente denominadas VC-25a, e constituem uma versão militarizada do 747 original.

Os estudos para renovar a frota começaram em 2009, quando o modelo Airbus A380 também chegou a ser considerado um candidato, mas o fabricante europeu se retirou da disputa, deixando a Boeing como única opção disponível.

O Avião Air Force One tem essa denominação apenas quando está transportando o presidente americano, que tem a bordo as condições necessárias para exercer plenamente suas funções, inclusive o acesso aos códigos para autorizar o uso de armas nucleares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos