EUA: aumentam boatos sobre general John Kelly na Segurança Interna

Nova York, 7 dez 2016 (AFP) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, já teria tomado a decisão de nomear o general reformado John Kelly, um veterano da guerra do Iraque, como secretário da Segurança Interna em seu futuro governo - informavam diferentes jornais americanos nesta quarta-feira (7).

Se a nomeação se confirmar, Kelly, do Corpo de Fuzileiros Navais, será o terceiro general reformado a assumir cargos importantes no gabinete de Trump, ou em sua equipe de assessores mais próximos.

Kelly, de 66, foi chefe do Comando Sul americano, assim como comandante da Força Multinacional no Iraque, entre 2008 e 2009.

Promovido a general em março de 2003, quando estava no Iraque, tornou-se o primeiro militar americano a conseguir uma promoção no teatro de operações desde 1951.

Seu filho mais jovem faleceu em combate no Afeganistão, em 2010.

Até o momento, Trump escolheu o general reformado dos Marines James Mattis como seu futuro secretário da Defesa e o também militar Michael Flynn, tenente-general do Exército, como seu conselheiro de Segurança Nacional.

Os nomes de Kelly e Mattis precisam ser confirmados pelo Senado americano.

jm-ahg/yow/tt/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos