EUA, França e países ocidentais pedem cessar-fogo imediato em Aleppo

Paris, 7 dez 2016 (AFP) - Seis países, entre eles Estados Unidos e França, pediram nesta quarta-feira um cessar-fogo imediato ante a catástrofe humanitária em Aleppo, apelaram à Rússia e ao Irã para que usem sua influência junto ao regime sírio para obter uma trégua.

Em uma declaração conjunta publicada pelas presidências francesa, americana, alemã, italiana e britânica, os países afirmam que a "urgência absoluta é um cessar-fogo imediato para permitir às Nações Unidas entregar ajuda humanitária às populações do leste de Aleppo, e socorrer as pessoas que fugiram".

As forças do governo sírio assumiram o controle de toda a Cidade Antiga de Aleppo, seu coração histórico, após a retirada dos rebeldes, cada vez mais asfixiados em seu antigo reduto.

Este avanço acelera o êxodo da população: 80.000 pessoas fugiram da zona leste de Aleppo desde o início, em 15 de novembro, da ofensiva do regime, informou nesta quarta-feira a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos