Clinton adverte para riscos de 'epidemia' de notícias falsas

Washington, 9 dez 2016 (AFP) - Hillary Clinton fez na quinta-feira uma severa advertência sobre a proliferação de notícias falsas, considerando a situação uma "epidemia com consequências para o mundo real" que deve ser combatida para proteger a democracia nos Estados Unidos.

A derrota da democrata Clinton na eleição presidencial de 8 de novembro, para o republicano Donald Trump, pode ter sido favorecida por artigos falsos compartilhados nas redes sociais, segundo muitos críticos.

O fenômeno quase provocou um massacre esta semana, quando um homem de 28 anos com um fuzil de assalto entrou em uma pizzaria de Washington dizendo que queria investigar a (falsa) notícia de que o restaurante - o Comet Ping Pong - era a fachada de uma rede de pedofilia ligada à Clinton.

Ninguém no restaurante, que estava repleto de famílias, ficou ferido, e o agressor foi rapidamente detido pela polícia.

"Agora fica claro que as falsas notícias podem ter consequências no mundo real", disse Clinton para legisladores e ex-legisladores no Capitólio, durante a cerimônia de despedida do líder da minoria democrata no Senado, Harry Reid.

"Não é uma questão de política ou partidarismo. Há vidas em risco", declarou Clinton ao denunciar "uma epidemia de notícias falsas e maliciosas e falsa propaganda que inundou as redes sociais no último ano".

"É imperativo que os líderes dos setores público e privado deem um passo para proteger a democracia e as vidas de inocentes".

"Este não é exatamente o tipo de discurso que esperava fazer no Capitólio após a eleição", brincou Clinton. "Mas após uma semana tirando selfies no bosque, me pareceu uma boa ideia sair".

Após o discurso, Clinton ignorou as perguntas dos jornalistas sobre se as falsas notíciais custaram sua eleição.

A história da suposta rede de pedofilia envolvendo Clinton - conhecida como "pizzagate" - foi amplamente compartilhada antes de 8 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos