Ban Ki-moon alarmado com informações de atrocidades em Aleppo

Nações Unidas, Estados Unidos, 13 dez 2016 (AFP) - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, está alarmado com relatórios sobre atrocidades contra "um alto número" de civis - incluindo mulheres e crianças - cometidas nas últimas horas na cidade síria de Aleppo, informou seu porta-voz nesta segunda-feira.

"Apesar de assinalar que as Nações Unidas não puderam realizar uma verificação independente destes relatórios, o secretário-geral transmitiu sua grave preocupação às partes relevantes", disse o porta-voz Stephane Dujarric.

Ban pediu a seu enviado para a Síria, Steffan de Mistura, que acompanhe a situação.

"As Nações Unidas destacam a obrigação de todas as partes no terreno de proteger os civis e acatar as leis do direito humanitário internacional", destacou Dujarric.

"Esta é, particularmente, a responsabilidade do governo sírio e de seus aliados", principalmente Rússia e Irã.

Aleppo estava nesta segunda-feira a ponto de cair por completo nas mãos do regime e de seus aliados, após quatro semanas de uma ofensiva devastadora contra os rebeldes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos